icons_edited.png

GESTÃO EQUIPAS

No final da ação os formandos deverão ser capazes de:
. Desenvolver a competência e a autonomia das pessoas e equipas;
. Criar condições que facilitam a motivação;
. Comunicar eficazmente com os diferentes interlocutores;
. Experienciar o grau de eficácia de alguns comportamentos de gestão e liderança dos desempenhos, e elaborar um “mapa” dos seus pontos fortes e pontos de melhoria;
. Aplicar as principais atividades de gestão das pessoas e das equipas (fixar objetivos, animar e motivar, delegar);
. Refletir sobre hipóteses de solução e respetivos impactos, para alguns dos problemas reais da gestão de equipas e pessoas.

obj.png

OBJETIVOS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

No decorrer da formação de Gestão Equipas serão explorados os seguintes conteúdos:

1. Caracterizar o âmbito da liderança e gestão de equipas e pessoas

a. As responsabilidades, missão, desafios, valores e cultura da organização
b. Liderar pelo exemplo
c. Analisar os resultados: identificar pontos fortes e áreas de melhoria


2. Saber como utilizar os estilos de gestão e liderança, de forma realista e adaptada aos contextos e às pessoas

a. Reforçar o seu impacto sobre a envolvente; Afirmar-se face a diferentes tipos de equipas; preferências de estilos de gestão e liderança nos seus interlocutores


3. Exercícios práticos e outputs!

a. Reflexão partilhada e construção de um 1º draft do Plano de Ação, listando pontos de desenvolvimento revelados pelo autodiagnóstico e desafio de heteroperceção


4. Diagnosticar o grau de competência e autonomia dos colaboradores

a. Diagnosticar as necessidades de evolução das pessoas e das equipas; organizar o trabalho e facilitar a progressão individual/coletiva; entrevistas e reuniões para mobilizar as equipas; exercícios práticos e outputs!


5. Refletir sobre as motivações

a. Fatores que promovem a motivação e as situações que facilitam a desmotivação; feedback construtivo e melhoria dos desempenhos; Comunicar eficazmente com os diferentes interlocutores; atitude positiva e construtiva; escutar e desenvolver a empatia; argumentos adaptados aos diferentes interlocutores, para transmitir a sua mensagem e obter diálogos mais compreensivos; Clareza, Objetividade e Cortesia; desacordos e conflitos. Exercícios práticos e outputs!

6. Definir um plano de ação para as mudanças a implementar

a. Identificar prioridades de mudança relativamente aos objetivos

b. Plano de Ação

DESTINATÁRIOS

Colaboradores GSC que sejam responsáveis por equipas de trabalho.

METODOLOGIA

Presencial

HORÁRIO

Laboral

DURAÇÃO

16 Horas

ENTIDADE FORMADORA

CEGOC

DATA DE REALIZAÇÃO

A definir

CUSTO

A definir